Ó Deus, que entre todos os anjos Escolhestes Miguel para comandar vosso exército, Chamando-o de semelhante a Deus. Trazei a mim a força e a proteção de Miguel, Para derrotar meus opositores, Para me dar a vitória, Para guardar meus passos. Arcanjo guerreiro, luta comigo! Arcanjo guerreiro, trabalha comigo! Arcanjo guerreiro, afasta de mim o mal!

terça-feira, 18 de agosto de 2015

SALMO 9 PARA O DIA 18 DE AGOSTO


Este salmo ajuda:

· a realização de estudos e pesquisas, em especial para a cura infantil;
· para que as pessoas sem ânimo para viver tenham suas forças redobradas;
· combater os pactos demoníacos ou a magia negra (É o salmo dos anjos);
· a família, em especial os cônjuges, de argumentos acusadores e falsos;
· obter a verdade e da liberdade.

AGRADECIMENTO PELA VITÓRIA

1. De todo coração,
Senhor meu Deus,
presto homenagens
por Suas maravilhas!
Direi bem alto e de bom som!
2. Estou feliz
e agradeço ao Senhor.
Sempre
celebrarei Seu nome Altíssimo. 3. Os maus pensamentos
perderam a força
perante Sua face. 4. O Senhor,
defendeu minha causa e meus direitos,
como um juiz
sentado em Seu trono. 5. E as nações que não celebram
Seu nome
estão em guerra
e perdidas em ruínas.
Suas estrelas protetoras estão apagadas
para sempre. 6. Os de mau coração
estão sumindo,
juntamente com suas cidades. 7. Mas o Senhor vive
em meu pensamento.
Meu Senhor
está sentado no trono,
pacientemente, julgando. 8. E julgará o mundo
com a justiça divina,
com a disposição de
reconhecer igualmente
o direito de cada um. 9. O Senhor não deixa
ninguém com
o coração oprimido,
nem nas maiores tormentas. 10. As pessoas que conhecem Sua força confiam,
porque
nunca serão desamparados os que buscam a paz
em Seu santo nome. 11. Oremos ao Senhor,
que habita
o céu em Jerusalém.
Proclamo entre todas as
nações Suas maravilhas, 12. pois Ele nunca
é indiferente ao pedido
de qualquer aflito. 13. Olhe por mim,
Senhor,
veja o quanto estou aflito, 14. para que eu possa
anunciar todos seus feitos,
junto aos portões de Jerusalém,
sempre feliz. 15. Todas as nações que
não crêem na força do Senhor
estão presas
em suas próprias armadilhas. 16. O Senhor
conhece a todos
e fez Seu julgamento.
O mal foi acorrentado
por suas próprias mãos malfeitoras. 17. Os maus
não terão paz na outra vida,
nem tampouco
as nações que deixaram
cair no esquecimento
o nome do Senhor. 18. Deus não esquece os
filhos pobres,
nem a fé e a esperança
de um filho aflito. 19. O Senhor é poderoso.
Somente o Senhor
pode julgar as nações.
Sem fé,
o homem não pode triunfar. 20. O homem deve saber que
ele não passa de um simples mortal,
cuja vida só é validada por Deus. 21. Por que,
Senhor,
está tão longe de nós?
Será que não quer presenciar
o quanto sofremos? 22. Parece que o mal triunfa.
O pobre passa por tantas
vergonhas,
ficando preso às intrigas
tramadas pelos maus. 23. O Senhor tem
tristeza
pela cobiça dos homens maus. 24. Há quem diga,
cego de tanto orgulho:
"Não há castigo, já que Deus
não existe!" 25. Nem escute isto!
Todos seus caminhos são prósperos,
sua alma é guardada
pelo Juízo Divino, e assim,
confiante,
despreze o contrário de todos. 26. Diga seu coração:
Nenhuma coisa me abala,
pois estou salvo,
por todo o sempre. Amém. 27. De maldade,
de fraudes
e enganos
está cheia a boca do contrário. 28. Faz as coisas às escondidas.
Maltrata os inocentes. 29. Arma ciladas.
Como o leão em sua caverna,
engana o pobre e
o prende em sua rede; 30. ele abaixa,
deita-se no chão,
e perante sua violência,
cai,
o infeliz. 31. Vazio de coração, pensa:
Deus esqueceu-se de mim.
Virou Sua face,
e nada vê! 32. Senhor, meu Deus,
ajude a erguer-me!
Dê-me Sua mão,
não se esqueça de mim! 33. Por que razão
Deus não castiga o impiedoso?
Será que ele nunca será punido? 34. Mas,
preste atenção.
Quando na dor ou na aflição,
eleve-se ao Senhor
e sinta o carinho e o
conforto de Suas mãos. 35. Ele aniquila a força
do malvado e do pecador
através de suas próprias maldades.
Assim,
elas desaparecerão. 36. Por séculos e séculos
o Senhor é rei.
Da Terra desapareceram
as nações que não acreditaram no Senhor. 37. Senhor,
ouça os clamores dos aflitos.
Conforte seus corações,
preste atenção às suas orações, 38. para que os órfãos
e oprimidos conheçam seus direitos,
e que o homem
desta Terra
nunca faça mal a
nenhum mortal.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Que ao entrar os anjos estejam ao seu redor, ao sair que os anjos lhe acompanhe! Obrigada pela visita!! Paz e Luz!!! Volte Sempre!!

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.

Que ao entrar neste Recanto você sinta a presença do Arcanjo Miguel. Abraços Fraternos Ana Dias